Esculturas impressionantes feitas com máquinas de escrever

[ad#Google Adsense 200×200]

Com a grande disponibilidade de computadores para edição de textos (sem o uso de corretivos), as máquinas de escrever tornaram-se peças de museu, decoração ou em alguns casos ainda usadas em cartórios e escritórios de contabilidade.

Mas alguém teve a brilhante idéia de usar uma dessas peças para fazer esculturas um tanto criativas e interessantes. Confira abaixo a obra do artista [desconhecido].

Escultura de máquina de escrever - Supercomentario

Escultura de máquina de escrever - Supercomentario

Escultura de máquina de escrever - Supercomentario

Escultura de máquina de escrever - Supercomentario

Escultura de máquina de escrever - Supercomentario

Escultura de máquina de escrever - Supercomentario

Escultura de máquina de escrever - Supercomentario

Escultura de máquina de escrever - Supercomentario

Escultura de máquina de escrever - Supercomentario

Escultura de máquina de escrever - Supercomentario

Escultura de máquina de escrever - Supercomentario

Escultura de máquina de escrever - Supercomentario

Escultura de máquina de escrever - Supercomentario

Escultura de máquina de escrever - Supercomentario

Escultura de máquina de escrever - Supercomentario

Escultura de máquina de escrever - Supercomentario

Escultura de máquina de escrever - Supercomentario

Escultura de máquina de escrever - Supercomentario

Escultura de máquina de escrever - Supercomentario

Escultura de máquina de escrever - Supercomentario

Escultura de máquina de escrever - Supercomentario

Escultura de máquina de escrever - Supercomentario

Escultura de máquina de escrever - Supercomentario

Escultura de máquina de escrever - Supercomentario

Escultura de máquina de escrever - Supercomentario

Escultura de máquina de escrever - Supercomentario

Escultura de máquina de escrever - Supercomentario

Escultura de máquina de escrever - Supercomentario

Escultura de máquina de escrever - Supercomentario

Escultura de máquina de escrever - Supercomentario

Escultura de máquina de escrever - Supercomentario

Escultura de máquina de escrever - Supercomentario

Escultura de máquina de escrever - Supercomentario

Vida Verde: Conselhos para a Casa

[ Foto: Flickr de Keraoc ]

Dicas simples para economizar dinheiro, ajudar na preservação do meio ambiente, diminuir o aquecimento global e ter uma “vida verde” em casa.

1. Ajude a diminuir o lixo. Evite comprar alimentos que ofereçam bandejas plásticas sem necessidade.

2. Leve uma bolsa para as compras (eco bag). Assim, você evitará o consumo de embalagens desnecessárias.

3. Leia os componentes químicos dos detergentes, alvejantes ou eliminadores de manchas orgânicas (para “brancos mais brancos, cores mais vivas e odores mais perfumados”). Eles podem conter substâncias poluentes e alérgicas para a pele.

4. Economize água. Uma torneira que deixa cair uma gota por segundo, acaba desperdiçando 30 litros por dia. Imagine uma torneira em cada casa em uma cidade de 100 mil habitantes.

5. Pense no que precisa antes de abrir a geladeira.

6. Tenha uma horta de verduras e temperos se possível. Você provavelmente não irá usar agrotóxicos naquilo que irá comer.

7. Separe o lixo por tipo (orgânico, metais, plásticos, papéis) e marque o dia da coleta seletiva.

Qual a sua dica? Comente.

Supercomentado.

Leia também:
Conselhos para o Escritório

Vida Verde: Conselhos para o Escritório

Dicas simples para economizar dinheiro e ter uma “vida mais verde” no escritório:

1. Organize um sistema de carona com vários colegas de trabalho: ao usar um único carro, vocês economizam combustível, amenizam o trânsito e dividem as despezas.

2. Geralmente, usamos só um lado do papel. Aproveite o outro lado para tomar notas, fazer rascunho ou teste de impressão. Imprima e tire cópias só quando for necessário, e se possível utilizando os dois lados da folha.

3. Se a impressora não for compartilhada com colegas, ligue apenas quando for utilizá-la.

4. Separe os papéis que não serão mais usados dos plásticos, metais e restos de lanche ou frutas. Ao invés de cada um usar uma lixeira, use uma lixeira para cada tipo de material.

5. Ative o sistema de economia de energia de seu monitor.

6. Desligue o computador no horário de almoço. Isso economiza energia e “limpa” a memória (em alguns casos) fazendo com que a máquina trabalhe mais rápido quando reiniciada.

7. Retire os aparelhos eletrônicos da tomada ou desligue o filtro de linha no fim do dia.

8. Use uma garrafa térmica para manter o café quente ao invés de deixar a cafeteira ligada.

9. Use copos de vidro ao invés de copos de plástico descartáveis (e separe os descartáveis em uma lixeira exclusiva quando forem usados).

10. Olhe em volta e descubra o que mais pode ser alterado para melhorar o ambiente de trabalho, e o meio ambiente.

Qual a sua dica? Comente.

Supercomentado.

Leia também:
Conselhos para a casa

DMMA 2009 – Papel: pequenas ações e grandes resultados

Engajado na campanha Seu Planeta Precisa de Você do Voluntários Online em apoio ao DMMA (ou WED em inglês), faço minha parte na luta para salvar o lugar onde vivemos antes “O dia em que a terra parou” saia da ficção e se torne realidade.

Chega de lenga lenga e vamos por a mão na massa para diminiur nosso impacto ambiental a partir do “meio ambiente de trabalho”.

OS POST IT’s DE PAPEL E SEUS AMIGUINHOS

O título do post justifica as dicas. Quanta gente utiliza milhares de Post It’s diariamente para escrever notas sem relevância, fazer desenho animado – quadro-a-quadro – e aviõezinhos do Silvio Santos (que ele faz com dinheiro).

Solução: NOTAS DIGITAIS E RASCUNHOS REUTILIZÁVEIS

Se você trabalha frente ao computador, ao invéis de gastar grana comprando papeizinhos amarelinhos bonitinhos p/ rabiscar e jogar no lixo, você pode usar programas que simulam esta fantástica idéia, dentre vários outros, os melhores são o Post It Software Notes Lite – desktop (é instalado no computador) ou o Google Notebook serviço online para quem tem uma conta Google.

googlenotebook

Mas se você não consegue de jeito nenhum se acostumar com a digitalização das notas, vai uma super dica: Compre uma prancheta ou placa acrílica branca e utilize marcador removível para anotar.

Se ainda assim não conseguir se acostumar a nova forma ECO de memória artificial, use as costas de folhas impressas e inutilizadas.

SE AINDA USAR PAPEL

Disponibilize no escritório uma lixeira exclusiva para os “derivados da celulose”, além de cooperar com a causa da reutilização e reciclagem, vai ver quanto papel é desperdiçado diariamente.

No Brasil, apenas 36% do papel utilizado é reciclado. Este assunto não é levado a sério pois somos um país rico em celulose virgem (matéria-prima na fabricação), ao contrário de países Europeus e EUA onde mais da metade do papel utilizado é reciclado.

Saiba mais sobre reciclagem de papel no Consciencia.net.

Com ações simples, podemos fazer a diferença na diminuição do consumo e aumento da reciclagem. Você tem alguma dica simples, que se for aderida por uma grande massa traz um grande resultado? Diz aí, as árvores (e água utilizada na fabricação do papel) agradecem.

Supercomentado!