Tac Stark VS Troller T4

A Tac Motors (por enquanto montadora de um carro só) com o Tac Stark, veio competir com a Throller que recentemente lançou o novo T4.

Tac Stark

O Tac Stark traz linhas simples e arredondadas, e alinha forma e função. Fiquei na dúvida sobre as lanternas traseiras de localização… tá bem Focus.

Motor:
FPT 2.3L Turbo Diesel Intercooler Eletrônico Commom Rail
“Potência líquida máxima (127cv/3600rpm)
Torque líquido máximo (300Nm/1800rpm)

Transmissão:
Mecânica caixa Eaton FS2405 de 5 marchas sincronizadas, tração nas quatro rodas com reduzida BorgWagner e diferenciais Dana 44.3 com bloqueio na traseira.

Suspensão:
Dianteira e Traseira Independentes com braços duplo A, molas helicoidais e duplo amortecedor
Curso de Suspensão Dianteira           160mm
Curso de Suspensão Traseira           180mm
Caster  5 graus
Camber           0 grau
Inclinação pino mestre           15 graus
Braço à terra   32 mm

Freios:
Hidraúlico com ação nas 4 rodas, servo-acionados e 2 circuitos em diagonal. Discos ventilados na dianteira e traseira.

Pneus:
ATR 255/70 R16″

Direção:
Hidraúlica, tipo pinhão e cremalheira

Dimensões:
Comprimento  4083 mm
Largura           1880 mm (nos espelhos retrovisores externos)
Altura máxima            1900 mm
Entre-eixos     2540 mm
Bitolas D/T     1574 mm

Altura livre do solo:
Eixo dianteiro: 240 mm
Eixo traseiro: 255 mm
Entre eixos: 300mm

Capacidade:
Ângulo de ataque       49 graus
Ângulo de saída (estepe)       44 graus
Ângulo de rampa       29 graus
Tanque            70 litros

Carroceria
4 lugares em material composto e plástico de engenharia

Peso
– Vazio            1635kg
– Carregado     2010kg

Peso/Potência
12,9 kg/cv

Peso/Torque
5,45 kg/nm

Troler T4

O T4 não teve grandes mudanças visuais em relação à versão anterior: linhas retas, robustez e força.

Motor
Dianteiro, longitudinal, 4 cilindros, 12 válvulas, turbodiesel, intercooler
Cilindrada: 2796 cm3
Diâmetro x curso: 93 x 103 mm
Taxa de compressão: 19:1
Potência: 114 cv a 3200 rpm
Torque: 32,7 mkgf a 1800 rpm

Câmbio
Manual de 5 marchas, com 4×4 e reduzida, tração traseira;
I. 4,08; II. 2,29; III. 1,47; IV. 1,00; V. 0,81. Ré 3,68; Redução 2,48 Diferencial, 4,09;
Rotação do motor a 100 km/h em 5ª – 2400 rpm

Carroceria
Dimensões: Comprimento, 409 cm; largura, 208 cm; altura, 200 cm; entreeixos, 241 cm

Peso
2190 kg

Peso/potência
19,2 kg/cv

Peso/torque
67,0 kg/mkgf

Volumes
Porta-malas, 130 l; tanque de combustível, 72 l

Off-road
ângulo de ataque, 56o;
ângulo de saída, 42o;
capacidade de rampa, 45o;
inclinação máxima, 45o;
submersão, 100 cm;
vão livre, 22 cm

Suspensão
Dianteira e traseira por eixo rígido com barras tensoras longitudinais e barra Panhard, molas helicoidais e amortecedores hidráulicos

Freios
Disco ventilado na dianteira, sólido na traseira

Direção
Hidráulica, tipo esferas recirculantes;
diâmetro de giro, 12 metros;
3,8 voltas entre batentes

Rodas e pneus
Aço, aro 16; Pirelli Scorpion Mud, 235/85 R16

Principais equipamentos de série
Chave Nato, grade de proteção para faróis e lanternas, picareta, pá, tomada elétrica externa para reboque, quebra-mato, acelerador manual, suporte corta-fio (contra arame farpado), galão de 20 litros

Principais equipamentos opcionais
Bateria extra, caixa de ferramentas, suporte para antena de radiocomunicador

Garantia
1 ano (para consumidor)

Talvez pela inovação, design diferenciado e até o “amarelo ovo” usado na versão do preview do Tac, ele seja mais atraente visualmente, mas nada substitui um Troller, assim como nada substitui um JEEP HAND MADE.

Supercomentado!

Aerodinâmica dos Websites da Formula 1

Começando pelo pior, que vem em dose dupla:

Toro Rosso e RedBull Racing

Toro e RedBull

A crise por lá tá tão feia que não sobrou nem 15 pila pros coitados comprarem um domínio para cada equipe, aí colocaram um fulero portal de entrada em flash para que você escolha o site em que vai entrar e se desesperar mais ainda.

AT&T Williams

Williams

Ocupando a segunda posição no grid de “retrolargada” vem a williams. Deixaram bolinhas voando na cara do gol (nota mental: fazer post sobre sites de times brasileiros de futebol) que podem ser arremessadas de um lado a outro do grande quadro branco que limita o frenesi das esferas… em flash.

Vodafone McLaren

Mclaren

Melhorando no quesito navegação, a McLaren melhora a estabilidade do site com uma navegação linear aparentemente não obstrutiva, assuntos Top na home, uma grande imagem “inspirativa”, mas esquece de trocar os pneus na hora da elegância no design. Técnicas de micreiro são aplicadas na imagem de fundo e uma bolinha da pepsi/inter de porto alegre surge te fazendo esquecer todo o resto.

Toyota

Toyota

Usam uma estratégia diferente de parada nos boxes, o desenho completa a tela com images dinâmicas das corridas e dos carros na página inicial, em flash. Mas melhora muito nas subpáginas, que trazem uma navegação clara, fotos objetivas e informações diretas. Se não fosse a home seria muito bom.

Braw GP

Braw GP

Tem cara de “portalzão brasileiro que anuncia em redes de tv que disputam o segundo lugar no Ibope“, porém, a navegação é clara e o “painel de login do orkut” na sidebar aproxima o usuário da equipe com o conceito de web colaborativa.

BMW Sauber

BMW Sauber

Apesar de ser desenvolvido em flash (já deu pra notar que não curto muito – nesses casos) é o que mais se aproxima da sonhada SIMPLICIDADE – depois do RedBull : ).

Force India

Force India

Largando na mesma fila da Braw, a Force Índia poderia fazer troca de banners com o UOL, o diferencial na asa dianteira é um EMBED do YOUTUBE (zuera) no centro da página inicial com o último capítulo da novela da TV Caminho da Force India.

ING Renault

Renault

No vácuo da noveleira vem a Renault com widgets espalhados pela tela sobre uma grande foto (by fotógrafo atropelado) do carro principal da equipe. Gostei do Ranking do campeonato no superior direito.

Ferrari

Ferrari

Na póle, vem ela que é o terror da FIA, ela que consegue 5min em meio as barbaridades políticas anunciadas no JN nosso de cada dia, ela que decidiu entrar no campeonato em 2010: tô falando da Ferrari. Apesar de não ser exclusivamente da F1, o site da Ferrari tem uma carenagem voltada para o meio, e traz um ar “Ferraresco” no layout. Mostra notícias da última grande conquista (a primeira esse ano) e disponibiliza história, store (compras), comunidade e assistência técnica (para burguês).

Vamos ver se na pista eles são melhores que na web esse ano, pois se o bom desempenho na web muda a navegação na pista e vice-versa, esse ano vai dar RedBull!

Supercomentado!

Mini Cooper faz 50 anos e lança edições especiais

Mini completa 50 anos neste mês e comemora com duas edições especiais do Cooper, o carrinho que já se tornou um dos ícones da Inglaterra. Os modelos trazem acabamento especial e homenageiam dois bairros do subúrbio de Londres, que batizam os carros: Mini 50 Mayfair e Mini 50 Camden. Para estes modelos, haverá as mesmas opções de motores atuais da linha Mini. Ambos trazem rodas de 17”, com pintura branca para o Mayfair e Marrom para o Camden.

Dupla Mini Cooper

[ via Revista AutoEsporte ]

Eu com um Mini Cooper Brasileiro já ficava feliz! E você, tem algum carro dos sonhos?

Supercomentado!