Idéia brilhante: a ciclovia auto-iluminada da Holanda

No filme “O mágico de OZ”, a pequena camponesa Dorothy segue a estrada de tijolos dourados para encontrar o poderoso mágico. Talvez inspirados na história dela (mas sem um mágico no final), o laboratório de design holandês Roosegaarde desenvolveu uma ciclovia que brilha* no escuro. Continue reading

Dá pra beber água da chuva?

tomar agua da chuva

Pode parecer limpa e cristalina, mas não é muito interessante a idéia de beber a água que vem do céu antes de tratá-la, pois no meio do caminho entre a formação das gotículas nas nuvens e o chão, há diversas substâncias na atmosfera. E elas podem ser tóxicas, especialmente se você estiver em uma cidade grande ou industrial. A chuva carrega poluentes da queima de combustíveis, como o benzeno, que é cancerígeno. Aliás, é por isso que a chuva deixa o ar mais limpo, pois ela varre a sujeira do céu.

E não se engane. Longe dos centros urbanos, a água tampouco é potável. O ar é mais limpo, mas as nuvens podem vir de cidades distantes. Um exemplo histórico foi o caso de chuva ácida nos aparentemente incólumes lagos noruegueses, em 1881. Ela trazia partículas de carvão da Inglaterra, a mais de 1 000 km. No Brasil, uma pesquisa realizada pela USP mostrou que os poluentes gerados em São Paulo podem se espalhar por até 350 km em caso de ventos fortes. Além disso, água da chuva de nuvens formadas no campo podem ter excesso de cálcio e potássio. Já nuvens do litoral têm sódio. Essas substâncias podem causar hipertensão e problemas de coração, entre outros. Ou seja, água de chuva não é recomendada para consumo. Até mesmo a de cisternas precisa ser tratada antes.

agua da chuva

Fontes Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp); Izabel Ernesto, supervisora do laboratório da Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp); Instituto de Astronomia, Geofísica e Ciências Atmosféricas da USP; Marcelo Morgado, assessor de meio ambiente da presidência da Sabesp.

Visto no site da superinteressante.

Supercomentado!

 

Vida Verde: Conselhos para a Casa

[ Foto: Flickr de Keraoc ]

Dicas simples para economizar dinheiro, ajudar na preservação do meio ambiente, diminuir o aquecimento global e ter uma “vida verde” em casa.

1. Ajude a diminuir o lixo. Evite comprar alimentos que ofereçam bandejas plásticas sem necessidade.

2. Leve uma bolsa para as compras (eco bag). Assim, você evitará o consumo de embalagens desnecessárias.

3. Leia os componentes químicos dos detergentes, alvejantes ou eliminadores de manchas orgânicas (para “brancos mais brancos, cores mais vivas e odores mais perfumados”). Eles podem conter substâncias poluentes e alérgicas para a pele.

4. Economize água. Uma torneira que deixa cair uma gota por segundo, acaba desperdiçando 30 litros por dia. Imagine uma torneira em cada casa em uma cidade de 100 mil habitantes.

5. Pense no que precisa antes de abrir a geladeira.

6. Tenha uma horta de verduras e temperos se possível. Você provavelmente não irá usar agrotóxicos naquilo que irá comer.

7. Separe o lixo por tipo (orgânico, metais, plásticos, papéis) e marque o dia da coleta seletiva.

Qual a sua dica? Comente.

Supercomentado.

Leia também:
Conselhos para o Escritório

Vida Verde: Conselhos para o Escritório

Dicas simples para economizar dinheiro e ter uma “vida mais verde” no escritório:

1. Organize um sistema de carona com vários colegas de trabalho: ao usar um único carro, vocês economizam combustível, amenizam o trânsito e dividem as despezas.

2. Geralmente, usamos só um lado do papel. Aproveite o outro lado para tomar notas, fazer rascunho ou teste de impressão. Imprima e tire cópias só quando for necessário, e se possível utilizando os dois lados da folha.

3. Se a impressora não for compartilhada com colegas, ligue apenas quando for utilizá-la.

4. Separe os papéis que não serão mais usados dos plásticos, metais e restos de lanche ou frutas. Ao invés de cada um usar uma lixeira, use uma lixeira para cada tipo de material.

5. Ative o sistema de economia de energia de seu monitor.

6. Desligue o computador no horário de almoço. Isso economiza energia e “limpa” a memória (em alguns casos) fazendo com que a máquina trabalhe mais rápido quando reiniciada.

7. Retire os aparelhos eletrônicos da tomada ou desligue o filtro de linha no fim do dia.

8. Use uma garrafa térmica para manter o café quente ao invés de deixar a cafeteira ligada.

9. Use copos de vidro ao invés de copos de plástico descartáveis (e separe os descartáveis em uma lixeira exclusiva quando forem usados).

10. Olhe em volta e descubra o que mais pode ser alterado para melhorar o ambiente de trabalho, e o meio ambiente.

Qual a sua dica? Comente.

Supercomentado.

Leia também:
Conselhos para a casa

Ecotricidade: Energia Solar

Primeiro eram comuns em calculadoras, depois  se tornaram mais familiares ao invadir o teto de algumas casas, e, atualmente o desafio é transformar a energia captada pelos painéis solares (compostos por Células Fotoelétricas) em energia elétrica de uma forma simples e economicamente viável para movimentar, carros, motos e até aviões.

Energia solar é a designação dada a qualquer tipo de captação de energia luminosa (e, em certo sentido, da energia térmica) proveniente do Sol, e posterior transformação dessa energia captada em alguma forma utilizável pelo homem, seja diretamente para aquecimento de água ou ainda como energia elétrica ou mecânica.

Os principais tipos de células fotoelétricas são feitos com Silício Cristalino e Amorfo, CIGS, Arseneto de Gálio ou Telureto de Cádmio – compostos raros, o que eleva o valor dos artefatos.

As principais vantagens da energia solar é que: Não polui durante seu uso e a poluição decorrente da fabricação dos equipamentos necessários para a construção dos painéis solares é totalmente controlável; As centrais necessitam de manutenção mínima;  A energia solar é excelente em lugares remotos ou de difícil acesso eliminando a perda nas linhas de transmissão.

O problema está na variação da produção em virtude das condições atmosféricas adversas (chuva, neve…). Altos valores dos painéis solares também dificultam o uso desta energia (apesar dos custos estarem caindo gradativamente). E como a noite não tem sol, a energia captada durante o dia deve ser armazenada em baterias.

aviao-solar
Projeto de Avião espião que pode ficar até 5 anos sem pousar, movido a energia solar.

Creio que a energia solar pode ser usada como complemento para as fontes atuais (assim como nos carros híbridos), diminuindo o uso das energias hidrelétrica e principalmente da termoelétrica – a carvão – para reduzir a emissão de CO2.

Sol na prática

No Brasil energia solar é usada principalmente em aquecedores de água residenciais, que diminuem a energia elétrica e gás natural no chuveiro e torneiras elétricas. Na austrália um projeto com painéis solares e uma central torre de 1km de altura (foto abaixo) que usará o ar quente produzido para girar turbinas enquanto sobre pela torre, vai produzir energia suficiente para abastecer 45mil residências. Entre os maiores produtores estão Portugal, Japão, EUA e Alemanha.
torre

Por hora, continuo com minha calculadora solar, que funciona muito bem obrigado… lá fora.

Supercomentado.

Saiba mais sobre Ecotricidade:

Ecotricidade: Energia Eólica

Conheça e parcitipe do DMMA 2009

O Dia Mundial do Meio Ambiente foi estabelecido pela Assembléia Geral das Nações Unidas em 1972 marcando a abertura da Conferência de Estocolmo sobre Ambiente Humano.

Celebrado anualmente desde então no dia 5 de Junho, o Dia Mundial do Meio Ambiente cataliza a atenção e ação política de povos e países para aumentar a conscientização e a preservação ambiental.

Os principais objetivos das comemorações são:
1. Mostrar o lado humano das questões ambientais;
2. Capacitar as pessoas a se tornarem agentes ativos do desenvolvimento sustentável;
3. Promover a compreensão de que é fundamental que comunidades e indivíduos mudem atitudes em relação ao uso dos recursos e das questões ambientais;
4. Advogar parcerias para garantir que todas as nações e povos desfrutem um futuro mais seguro e mais próspero.

O tema do Dia Mundial em 2009 é “Seu planeta precisa de você: Unidos contra as mudanças climáticas”. Ele reflete a urgência de que nações atuem de maneira harmônica para fazer frente às mudanças climáticas, para manejar adequadamente suas florestas e outros recursos naturais e para erradicar a pobreza.

Este ano, o México será a sede mundial das comemorações do Dia Mundial do Meio Ambiente o que reflete o engajamento dos países da América Latina e Caribe na luta contra as mudanças climáticas e na transição para uma sociedade de baixo carbono.

Em linha com seu forte engajamento nas questões ambientais, o México é um dos países que mais contribuiu com a campanha 7 Bilhões de Árvores, desenvolvida pelo PNUMA. http://www.unep.org/billiontreecampaign/portuguese

O presidente do México, Felipe Calderón, afirma que a celebração do Dia Mundial do Meio Ambiente “irá destacar a determinação daquele país em gerenciar adequadamente seus recursos naturais e lidar com o mais exigente desafio do século 21 – as mudanças climáticas.”

Fonte: UNEP.ORG

Supercomentado!

DMMA 2009 – Papel: pequenas ações e grandes resultados

Engajado na campanha Seu Planeta Precisa de Você do Voluntários Online em apoio ao DMMA (ou WED em inglês), faço minha parte na luta para salvar o lugar onde vivemos antes “O dia em que a terra parou” saia da ficção e se torne realidade.

Chega de lenga lenga e vamos por a mão na massa para diminiur nosso impacto ambiental a partir do “meio ambiente de trabalho”.

OS POST IT’s DE PAPEL E SEUS AMIGUINHOS

O título do post justifica as dicas. Quanta gente utiliza milhares de Post It’s diariamente para escrever notas sem relevância, fazer desenho animado – quadro-a-quadro – e aviõezinhos do Silvio Santos (que ele faz com dinheiro).

Solução: NOTAS DIGITAIS E RASCUNHOS REUTILIZÁVEIS

Se você trabalha frente ao computador, ao invéis de gastar grana comprando papeizinhos amarelinhos bonitinhos p/ rabiscar e jogar no lixo, você pode usar programas que simulam esta fantástica idéia, dentre vários outros, os melhores são o Post It Software Notes Lite – desktop (é instalado no computador) ou o Google Notebook serviço online para quem tem uma conta Google.

googlenotebook

Mas se você não consegue de jeito nenhum se acostumar com a digitalização das notas, vai uma super dica: Compre uma prancheta ou placa acrílica branca e utilize marcador removível para anotar.

Se ainda assim não conseguir se acostumar a nova forma ECO de memória artificial, use as costas de folhas impressas e inutilizadas.

SE AINDA USAR PAPEL

Disponibilize no escritório uma lixeira exclusiva para os “derivados da celulose”, além de cooperar com a causa da reutilização e reciclagem, vai ver quanto papel é desperdiçado diariamente.

No Brasil, apenas 36% do papel utilizado é reciclado. Este assunto não é levado a sério pois somos um país rico em celulose virgem (matéria-prima na fabricação), ao contrário de países Europeus e EUA onde mais da metade do papel utilizado é reciclado.

Saiba mais sobre reciclagem de papel no Consciencia.net.

Com ações simples, podemos fazer a diferença na diminuição do consumo e aumento da reciclagem. Você tem alguma dica simples, que se for aderida por uma grande massa traz um grande resultado? Diz aí, as árvores (e água utilizada na fabricação do papel) agradecem.

Supercomentado!