Adolescentes Pinóquio, celular vegetal e o sono das girafas

O cérebro dos adolescentes é um adversário desleal na hora da conversa “cara-a-cara” com os pais explicar melhora aquela história.

Voluntários de 6 a 77 anos responderam a perguntas óvias (porco voa?) gravadas por um pesquisador da Universidade de Amsterdã. Às vezes, recebiam um sinal para mentir. Nos adolescentes não havia estresse na voz e a respiração não acelerava. É que o lobo frontal do cérebro começa a se deteriorar na fase adulta e diminui a capacidade de disfarçar mentiras.

Plantas podem ser matéria-prima para celulares

É difícil extrair germânio, um metal usado na fabricação de celulares. Ou era. Cientistas alemães da Universidade Freiberg conseguiram tirar o metal de plantas cultivadas para bioenergia, como milho e girassol. Graças ao solo e água de uma região do país, essas plantas acumulam o metal. E liberam todo ele ao passar por um processo de fermentação.

Girafas conversam à noite

Depois de ouvir mil horas de sons gravados em zoológicos da Europa, pesquisadores da Universidade de Viena detectaram um som emitido pelas girafas em uma frequência muito baixa. Talvez seja apenas o ronco delas ou sons emitidos durante um sonho. Ou pode ser uma forma de se comunicarem no escuro.

Supercomentado.

Fonte: Superinteresante/novembro.