E o Osama morreu…

Festa Americana - Morte de Bin Laden

Festa! Viva! Ou seria morra?… Fogos de artifício, gente na rua com línguas de sogra e chapéus listrados de azul, branco e vermelho, transmissões ao vivo pela tv e internet, enfim uma mega comemoração pela morte do demônio terrorista mais conhecido de todos os tempos.

Aquele que deixou o Sadan no chinelo. Que fez o grupo ETA parecer um UIUIUI. Aquele que mata cachorro a grito bomba, e que entrou até em um quadro sem graça do falido Casseta&Planeta Urgente: Estou falando do Osama Bin Laden (choro de criancinhas americanas).

Ele não mereceu um minuto de silêncio pela lembrança de sua morte por parte dos americanos, pelo contrário, aposto que vários ex-soldados que lutaram no AFÉGA, correram pra fora com um rojão na mão pra comemorar o abatimento do Beu Zebú das Arábias.

Bem, ele planejou a morte de um montão de gente, nada mais justo que ter os olhos arrancados enquanto pega fogo e depois levar um balaço no meio da testa não é mesmo?

foto de osama bin laden morto

suposta foto de osama bin laden morto

No apse de um filme de ação estrelado por Bruce Willys, ele finalmente “pega” o vilão e com a arma apontada para a cabeça do malvado, ouve a frase: “Vai, me mata”, o mocinho faz um olhar de machão e diz: “Não vou fazer isso, não sou igual a você!”. O perdão é o que difere os mocinhos dos bandidos.

Não cambada, não comecem a esbravejar dizendo que estou defendendo a carcaça do Bin, só defendo a tese de que nenhum homem deve morrer pelas mãos de outro homem. Talvez o melhor castigo para o senhor Laden, fosse ficar trancado em um cárcere, sozinho, relembrando o que fez e ouvindo sermões da Bíblia ao invés do Corão. Mas a morte… torna os mocinhos iguais aos bandidos.

Caso Sadan ainda estivesse vivo, talvez pudessem – o Bin e Sadan – jogar xadrez juntos na prisão e contar suas façanhas terroristas pelo mundo à fora, mas, também enforcaram Russen.

Cuidado Kadhafi, a Líbia é a bola da vez, e os ditatores e terroristas não tem muito o que dizer frente aos fuzis dos soldados americanos LIVRES.

E depois da Líbia?.. Olha o pré-sal aí gente!!! Alô Dilmá!

Supercomentado.

1 Comentário