FuTVol: A história do futebol na TV

A primeira partida de futebol aconteceu na Grã-Bretanha em 1872; a primeira transmissão de rádio foi em 1906. Em pouco tempo, os ansiosos ouvintes que não podiam assistir à partida passaram a recorrer ao rádio. Foi assim que nasceu o costume de reunir os amigos e a família para acompanhar os jogos de futebol. Apesar de o rádio ainda ser um narrador fiel, a televisão tornou-se o meio ideal para quem quer acompanhar seu time à distância. E desta forma, perpetua-se a tradição da reunião familiar, entre amigos ou até de desconhecidos em um bar.

Em 16 de junho de 1954, na Suíça, ocorreu a primeira partida televisionada: Iugoslávia e França. A partir deste momento, a televisão não parou de oferecer cada vez mais comodidades ao espectador. O objetivo é sempre aproximá-lo ao ao máximo da experiência de estar nas arquibancadas. A cor é um bom exemplo.

Apesar de os primeiros experimentos de transmissão de imagens coloridas datarem de 1928, levou um bom tempo para que todos os equipamentos fossem substituídos (as câmeras e os receptores). Com diferenças de vários anos em cada país, pode-se dizer que no fim da década de 1970, o mundo inteiro pôde ver a cor da camisa de seus times do coração na telinha.

Hoje, as combinações que a televisão oferece são múltiplas. Quer seja uma televisão analógica, digital, por cabo, satélite, com tubo de raios catódicos, com tela de LCD ou de plasma, com som mono, estéreo ou surround, há uma coisa nunca mudará: o prazer de viver as emoções de uma boa partida de futebol, em qualquer lugar. E se pudermos compartilhar este momento com outras pessoas, tanto melhor.

Gostou? Comente!

Supercomentado.

[via Discovery EXD]