Robôs aprendem a ser desonestos

Cientistas suíços programarm 10 robôs com uma tarefa: ir até uma luzinha azul, que representava (para eles) um prato de comida.

Quando um deles conseguia, devia acender uma lampada para avisar os outros. Mas alguns aprenderam a deixar a lâmpada apagada – e ficar com toda a comida para si. (superinteressante – nov 2009)

Outro dia vi um “espelho mágico robô” que após a clássica pergunta: “existe alguém mais bela do que eu?” dizia a clássica resposta: “não, você é a mais bela”. Acho que esse foi o precursor dos robôs 171.

Supercomentado.